sexta-feira, 27 de março de 2009

Feminilidade!



Ontem indo dar aula refleti comigo mesma sobre este assunto,um homem me fez pensar sobre a feminilidade,ele me disse que eu era o diferencial para aquela academia de grande porte pois seria a única professora que trabalharia com uma aula somente para mulheres. E aí conversando com ele me veio milhares de pensamentos de como as mulheres perderam o "ser mulher", eu sou uma mulher frágil sim e me orgulho disso, gosto de seduzir sem precisar ser vulgar somente com um olhar,hoje em dia infelizmente as mulheres precisam ser fortes para conseguir um lugar no mercado de trabalho e para isso acabam agredindo a si mesmas,li um artigo em que antigamente as mulheres das cavernas no período de menstruação elas se juntavam e uma cuidava da outra, gente hoje ninguém entende que ficamos sensíveis sim neste período e merecemos o nosso tempo, isso não quer dizer que somos inferiores,outro tipo de agressão é a mulher se sentir inferior e correr atrás de um corpo perfeito como se isso fosse a causa dos seus problemas, uma mulher não precisa estar com a barriga de fora e o corpo perfeito para conquistar quem ama, ela precisa se cuidar para si mesma,para se amar acima de tudo.Uma coisa é certa nunca conseguiremos ser igual aos homens e nem devemos, não é um par de calças que transforma a mulher em um poder,o poder da mulher esta sim em saber ser mulher com sua essência e delicadeza.

5 comentários:

Danila disse...

Concordo plenamente com vc!
Temos que ter jogo de cintura para escapar de invertidas... e inusitadas situações. Pq alem de tudo isso tem as pessoas que levam pra outro lado. bjssssssssss
E arrasa com esse time de mulheres!!!

Boneca disse...

Mulheres...Manicure toda semana. Pedicure a cada 15. Blush. Rímel. Máscara. Lápis. Batom. Ser loira. Ser morena. Ser ruiva. Ser loira de novo. Curto. Longo. Repicado. Depilação. Cólica. Dor de cabeça. Ser forte. Ser frágil. Ser linda, mesmo se achando feia. Ter 10 bolsas diferentes. Ter 10 sapatos que combinam com as 10 bolsas diferentes. Perder tudo na bolsa. Achar de tudo no armário. Ter sempre um pretinho básico. Ter 500 blusas e sempre achar que falta algo. Tirar a sobrancelhas e a cutícula. Ter um creme para a pele. Um para as mãos. Outro para o rosto. Salto 6. Salto 10. Salto 12. Rasteirinha. Estar segura. Estar sensível. Estar romântica. Querer uma flor. Precisar de um chocolate. Sentir tudo ao mesmo tempo. Não sentir nada. Ser amiga. Companheira. Batalhadora. Amante. Dona de casa. Ser apenas uma menina que aos poucos virou mulher.

Zahira Nader disse...

Ai está a importância de ensinar bem a dança do ventre. Um dos benefícios que ela traz.

Estou de acordo.

bjinhus

Luciana Arruda disse...

tem um livro lindo que se chama A Tenda Vermelha, fala muito sobre isso, o cuidar, o ser mulher. adorei tua sensibilidade e que bom que o dono da academia teve essa sacada. costumo brincar que frágil sim, fraca nunca.
beijão

Luana Mello - Dança do Ventre disse...

Oooo meu deus que texto biiiito. Saudades blaster de vc.