quarta-feira, 9 de setembro de 2009

SIGNIFICADO DE DIWALI By Andressa Leitão


SIGNIFICADO DE DIWALI


O Diwali mais conhecido como “Festival das luzes” é uma festa religiosa hindu celebrada uma vez por ano. Durante o Diwali as pessoas costumam ascender lamparinas, tomam banho aromáticos, fazem desenhos multicoloridas no chão feitos com farinha de arroz, limpam e decoram a casa, usam roupas novas, soltam fogos de artifícios, preparam doces e veneram vacas como sendo a encarnação da deusa Lakshmi (deusa da abundância e da prosperidade) para comemorar a vitória do bem contra o mal, da luz contra a escuridão. Isso se dá devido a vitória de Lord Krishna sobre o poderoso “demônio” Narakasura que se tornou uma ameaça para os deuses no céu e se apoderou dos esplêndidos brincos de Aditi (a Deusa Mãe) e aprisionou as dezesseis mil filhas dos deuses em seu harém. Em desespero os deuses liderados por Indra solicitaram a Lord Krishna para destruir o demônio pois ele estava espalhando destruição. Krishna concordou prontamente e travou uma luta feroz e saiu vitorioso. Isso aconteceu depois que ele aceitou as dezesseis mil donzelas como suas esposas como solicitado por elas mesmas.

Em outras palavras o malvado Narakasura é representado pelo nosso ego dominado pelos nossos desejos que acabam por si trazendo transtornos e sofrimentos pois o homem de hoje (em sua grande maioria) não se lembra de buscar a Luz Superior, o divino, pensando só em si e não se importando com nada nem ninguém para conseguirem aquilo que almejam. O significado de Diwali é guiar o homem da escuridão (ignorância causada pelo ego) para a luz (divina sabedoria) e a comemoração dura cinco dias.

O primeiro dia de Diwali: Dhanteras

O primeiro dia de Diwali também é chamado Dhanvantari Trayodasi ou Dhanteras. É na realidade o décimo terceiro dia lunar de Krishna Paksh, a quinzena escura do mês de Kartik do calendário lunar indiano. Neste dia, Deus Dhanwantari (Deus da vida e medicina) saiu do oceano com o Ayurveda (o conhecimento da vida) para o ser-humano. Este dia marca o começo das celebrações do Diwali.
Neste dia ao pôr-do-sol, os hindus após tomarem banho devem oferecer um deeya (lamparina) iluminado com Prasad (oferenda - doces) para Yama Raj, o Deus da Morte e rezar para evitar a morte intempestiva. Este oferecimento deveria ser feito perto de uma árvore de Tulsi, o Manjericão Santo ou qualquer outra árvore sagrada que normalmente os indinanos tem no jardim ou perto.

O segundo dia de Diwali: Choti (pequeno) Diwali

O segundo dia de Diwali é chamado Narak Chaturdasi. Neste dia Deus Krishna destruiu o demônio Narakasur e fez o mundo livrar-se do medo. Neste dia a pessoa deve massagear o corpo com óleo para aliviar fadiga e tensões, tomar banho e descansar de forma que Diwali pode ser celebarada com muito vigor, entusiasmo e devoção.

O terceiro dia de Diwali: Lakshmi Puja (veneração da deusa da riquezas e fortuna)

O terceiro dia de Diwali: Lakshmi Puja (veneração da deusa da riquezas e fortuna)
Este é o dia mais importante, quando a Deusa Lakshmi é adorada. Os hindus se banham, vestem as melhores roupas e se unem com os familiares. O Pandit (sacerdote) conduz e orienta a adoração da Deusa divina Lakshmi para receber as bençãos de riqueza e prosperidade, o triunfo do bem contra o mal e da luz sobre a escuridão.

O quarto dia de Diwali: Padwa e Govardhan Puja

No quarto dia é executado Govardhan Puja (adoração da montanha Govardhan). Milhares de anos atrás, Deus Krishna pediu às pessoas do vilarejo de Vraja ( hoje Vrindavan) fazerem a veneração da montanha Govardhan em respeito ao reino mineral. A montanha oferecia muitas plantas medicinais, árvores, proteção contra ventos, alimento para os animais, etc. Existe uma outra lenda que diz; Certa vez devido a fúria de Indra (deus da chuva) ocorreu um dilúvio. Deus Krishna aconselhou as pessoas da cidade a se protegerem embaixo da montanha Goverdhan erguida por apenas um dedo do Deus Krishna salvando a vida de todos do vilarejo. A partir deste momento, todos hindus rezam neste dia do ano para a montanha Govardhan.

O quinto dia de Diwali: Bhai Duj (dia dos irmãos)

O quinto dia do Diwali é chamado Bhai Duj. Normalmente dois dias depois do Diwali é um dia dedicado a irmãs. Muito tempo atrás, na era Védica, O Yama (Yamraj, o Deus de morte) visitou sua irmã Yamuna. Neste dia ofereceu a ela um Vardan (um benefício) no qual consistia em que aquele que a visitar a irmã neste dia será liberado de todos os pecados alcançando o Moksha ou emancipação final. Desde então, irmãos visitam as irmãs e preocupam-se com o bem-estar delas, trazem presentes etc em contrapartida as irmãs rezam almejando sucesso e segurança para o irmão.

Este dia marca o fim dos cinco dias de celebrações do Diwali.

Nenhum comentário: